• Secom

Mesmo em contexto de pandemia, IAM se reinventa e celebra 178 anos

No Regional Nordeste 5, assim como em todo o mundo, grupos da Infância e Adolescência Missionária se reinventam para continuar a evangelização, mesmo em contexto de pandemia.


Todos os anos no mês de maio, de forma mais intensa, os grupos da Infância e Adolescência Missionária – IAM, costumam sair em visita às famílias em suas diversas comunidades espalhadas pelo mundo. Por ser uma Pontifícia Obra Missionária, a IAM, se encontra em diversos países e um de seus objetivos é suscitar o espírito missionário universal entre as crianças e adolescentes.


Mas, em tempos de pandemia, como vivenciar essa missionariedade? Para Léo Lucas, 15 anos, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Arquidiocese de São Luís, este é um tempo diferente, mas os encontros permanecem, porém em novo formato: online ou com a participação de seus próprios familiares, pois para ele, o importante é a oração.

Léo Lucas e seu irmão Caio Vitor Sousa

“Os encontros que eram feitos com várias crianças e adolescentes, estão sendo realizados em família, mas independente da forma, o importante é a oração, e verdadeiros missionários nunca desistem e sempre perseveram”, encoraja Lucas. O jovem Lucas acredita ainda que é preciso ter fé, pois logo tudo isso vai passar.


A IAM nacional disponibilizou diversos materiais para que os assessores possam compartilhar com seus grupos, e, estes vivenciarem com seus familiares. Um desses materiais disponíveis é a dinâmica da flor. “A dinâmica da flor consiste em construir a cada domingo uma pétala, e, no final do mês, uma linda flor de oração por cada continente será formada para completar o lindo jardim da IAM”, explica Ana Maria Ribeiro, coordenadora regional da IAM.


Para dinamizar este momento, os grupos recebem todos os dias desafios diários para realizar em casa. Assim, podem reviver os compromissos da IAM, e rezar com mais intensidade pelas crianças e adolescentes dos cinco continentes.

IAM da Diocese de Caxias

“Recebo todos os dias lindos depoimentos, imagens, vídeos de testemunhos de nossas crianças e adolescentes, e dos assessores que, em meio à pandemia, não deixam seu ardor missionário apagar, e vivenciam profundamente esse mês tão especial. Tá lindo de ver a IAM do Maranhão seguindo os passos de Jesus, como diz o nosso hino da Jornada”, reverencia Ana Maria.


Em sua 9ª Jornada Nacional, os missionários refletem o tema: “Testemunhar o amor é nossa missão”, e o lema: “O que vimos e ouvimos nós vos anunciamos” (1 Jo 1,3), e seu marco será no dia 30 de maio com uma celebração transmitida pela Rede Vida de Televisão.



Celebração da 9ª Jornada


Conforme a programação nacional, haverá missa comemorativa e consagração no dia 30 de maio, às 11 horas, transmitida pela Rede Vida de Televisão.

Os missionários são convidados a preparar um lugar em sua casa e celebrar juntos em comunhão com todos os grupos do Brasil.


A Obra


A Obra foi fundada em 19 de maio de 1843, por Dom Carlos Augusto Maria José de Forbin-Janson, então bispo de Nancy (França), sensibilizado com a realidade descrita pelos missionários que evangelizaram na China, com os quais possuía estreita ligação desde a adolescência.


Ana Maria Ribeiro preparou um vídeo em que parabeniza a Obra, que no dia 19, celebra 178 anos de fundação, confira:


50 visualizações0 comentário