top of page
  • Secom

Irmãs Oblatas têm nova madre geral, e ela é do Maranhão. É do Brasil!



Pela primeira vez na história temos uma brasileira, maranhense, e negra escolhida como Madre Geral das Irmãs Oblatas do Sagrado Coração de Jesus em Roma. Irmã Marilurde Sousa é maranhense e está em Roma cumprindo o XVII Capítulo Geral. O resultado desta escolha é fruto de uma semana de orações, exercício espiritual, dias de entrega ao Espírito Santo, ocorridos em Treve, na Itália.


Foi com muita emoção que Irmã Marilurde recebeu a notícia de sua escolha. “Estou com o coração apertado, temeroso, mas muito confiante na ação do Espírito Santo, na ajuda das irmãs, e na oração de todos aqueles que me amam, que gostam de mim. E eu confio plenamente que eu farei esse pedaço da história na minha congregação com olhar para o futuro e ao mesmo tempo com muita atenção, à fidelidade, ao carisma, à história percorrida até aqui”, afirmou.


Irmã Marilurde vai liderar a congregação por seis anos, juntamente com um conselho geral também já eleito. O conselho geral é composto por uma vice madre; uma conselheira, natural dos Estados Unidos; uma conselheira, natural da índia; outra conselheira italiana; uma secretária; e uma ecônoma, que foi reeleita.

"Eu conto com a graça de Deus e conto com vossa oração e com a ajuda de todos vocês. Ainda digo, essa missão não é de Irmã Marilurde, é do Brasil. Porque a primeira brasileira, aliás a primeira estrangeira a ser eleita madre geral, a primeira maranhense, e a primeira negra na história a assumir a Congregação. Estou muito acolhida, fui muito acolhida pelas irmãs de todas as regiões que nós estamos”, relatou Irmã Marilurde.

Irmã Marilurde retorna ao Brasil em agosto e volta para Roma, onde fica a sede geral da Congregação, em dezembro ou janeiro para cumprir seu mandato de seis anos.


A congregação das Irmãs Oblatas do Sagrado Coração de Jesus está presente na Índia, nos Estados Unidos, Guiné-Bissau, Peru e Brasil.


Formação

Irmã Marilurde tem Ensino Médio Magistério; formada em Filosofia, Teologia e Pedagogia. É especializada em Ensino da Religião, Psicopedagogia Clínica e Institucional, e Supervisão Escolar. Em 2002, iniciou o trabalho de secretaria do arcebispo de São Luís do Maranhão, ficando na função até agosto de 2021, quando retornou à sala de aula como professora do estado e município. Em 2022, estava como superiora regional, função já desempenhada nos anos de 2007 a 2009. E, em julho de 2023 é eleita madre Madre Geral das Irmãs Oblatas do Sagrado Coração de Jesus.


Irmãs Oblatas do Sagrado Coração de Jesus reunidas na Itália. A Congregação está presente em cerca de cinco países.

286 visualizações0 comentário
bottom of page