top of page
  • Secom

SÍNODO 2023: Arquidiocese de São Luís assegura escuta às paróquias e foranias

Atualizado: 17 de fev. de 2022

Mergulhadas na fase diocesana do Sínodo 2023 prevista para acontecer até março de 2022, cada Igreja Particular no Brasil vai encontrando a melhor forma de realizar a escuta do Povo de Deus que vive em sua circunscrição. A 16ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”, convocada pelo Papa Francisco, será realizada em 2023.


O Papa Francisco tem afirmado que o “caminho da sinodalidade é o caminho que Deus espera da Igreja do Terceiro Milênio”.

Embora o encontro de conclusão do Sínodo esteja previsto apenas para 2023, as dinâmicas do sínodo já começaram nas dioceses de todo o mundo, desde o dia 17 de outubro de 2021. O Povo de Deus, em todo o globo, está convocado a participar, indicando quais caminhos a Igreja deve seguir para viver um renovado ardor missionário, atualizando sempre mais as suas estruturas, funcionamentos e ações. Esse caminho sinodal de três anos é articulado em três fases (diocesana, continental, universal), feito de consultas e discernimento, que culminará com a assembleia de outubro de 2023, em Roma.


O portal da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) vai divulgar as experiências e o processo de escuta nas dioceses e arquidioceses do Brasil, com destaque para as iniciativas que apontam para as formas criativas encontradas por cada Igreja Particular para assegurar maior participação e a sinodalidade do povo de Deus no processo do Sínodo.


Processo de escuta na arquidiocese de São Luís do Maranhão


Na arquidiocese de São Luís do Maranhão (MA), o planejamento de escuta prevê escutar o povo de Deus presente em suas dez foranias (regiões pastorais que envolvem um conjunto de paróquias). A arquidiocese organizou equipes de animação, liturgia e espiritualidade, comunicação e relatoria.


As Escutas do Processo Sinodal na arquidiocese serão iniciadas no próximo sábado, dia 19 de fevereiro, na Forania Nossa Senhora da Vitória (Centro de São Luís), das 08h às 17h; e na Forania São Cristóvão, das 14h às 21h.


Para auxiliar no processo de escuta, a equipe de animação, presidida pelo arcebispo metropolitano, dom Gilberto Pastana, divulgou um roteiro das Escutas Sinodais nas Foranias. Uma das novidades propostas, dentro da programação de escuta das foranias, é a realização das “Oficinas de Escuta”, cuja participação prevê no máximo 12 pessoas organizadas em círculos.


Comunicação e mobilização para animar a Escuta


Com estratégias de mobilização, a arquidiocese está produzindo diariamente um programa de rádio Caminho Sinodal, cuja estreia foi no dia 19 de janeiro de 2022. O programa, apresentado por Helton Chaves, é veiculado na Rádio Educadora do Maranhão 560 AM. Após a veiculação do programa na Rádio, eles são postados no Youtube da Rádio Educadora.



Neste mesmo dia, foi lançado oficialmente o blog Caminho Sinodal com o conteúdo voltado para as principais informações do processo em preparação ao Sínodo dos Bispos 2023. A partir da edição deste mês de fevereiro, o Jornal do Maranhão, publicação mensal da Ação Social da arquidiocese de São Luís, passa a destacar uma página exclusiva ao Sínodo dos Bispos 2021-2023. O nome será “Processo Sinodal” e se localizará na página no 9 do jornal. Na edição deste mês, além do Processo Sinodal, destacará a Campanha da Fraternidade 2022 “Fraternidade e Educação”.




37 visualizações0 comentário
bottom of page