top of page
  • Secom

IV Nordestão de Catequese: "é hora de lançar as redes e não desanimar diante dos fracassos"


Por Luís Oliveira Freitas

(Doutorando em Teologia, PUC-Rio)


Nos dias 21 a 23 de julho de 2023, aconteceu o IV Nordestão de Catequese, em Teresina, Piauí. Este encontro contou com 289 participantes inscritos, mas, considerando as equipes de trabalho, envolveu um total de 374 pessoas. O tema deste evento foi “Catequese a serviço da IVC numa Igreja sinodal” e o lema “Lançai vossas redes para a pesca” (Lc 5,4).


Vale esclarecer que o primeiro Nordestão foi sediado pelo Nordeste 2, na cidade de Maceió, em 2013, o segundo, ocorreu no Nordeste 1, na cidade de Fortaleza, em 2016, e o terceiro aconteceu no Nordeste 3, na cidade de Aracaju, em 2019.


Neste Nordestão, o Regional Nordeste 5, estado do Maranhão, contou com uma delegação de 65 participantes, entre o bispo referencial da Catequese, Dom Rubival Cabral, de Grajaú, presbíteros, um diácono permanente, seminaristas e, principalmente, leigos e leigas catequistas.


Catequese a serviço da IVC numa Igreja sinodal

O encontro contou com celebrações, conferências, oficinas temáticas e apresentações culturais. A reflexão do tema aconteceu, sobretudo, durante as quatro conferências: as duas primeiras conduzidas por Padre Jânison de Sá, secretário adjunto da CNBB, e as outras proferidas por Dom Paulo Jackson, arcebispo eleito de Olinda e Recife.


As conferências de Padre Jânison foram voltadas de modo especial à temática da iniciação à vida cristã (IVC) numa Igreja sinodal. Na primeira, ele ressaltou alguns desafios da vida hodierna que nos interpelam nesse processo de catequese a serviço da IVC, aos quais devemos dar respostas seguras se de fato queremos uma catequese com rosto sinodal. Na segunda conferência, o assessor fez uma memória do processo catecumenal da Igreja nos seus primeiros séculos, destacando seus momentos fortes e seu declínio e, em seguida, apresentou pontos importantes para a catequese de inspiração catecumenal nos nossos tempos.


Dom Paulo Jackson ficou mais centrado na reflexão bíblica. Sua primeira conferência teve como ponto de partida a perícope das bodas de Caná da Galileia (Jo 2,1-11), primeiro sinal de Jesus no Evangelho de João, que suscita a fé dos discípulos nascendo assim a Igreja sinodal. Mostrou a importância da Bíblia no processo catequético, cujo uso deve ser com uma correta hermenêutica a fim de ajudar o interlocutor a fazer seu encontro com Cristo.


É hora de lançar as redes e não desanimar diante dos fracassos que porventura ocorrerem

Sua segunda conferência foi iniciada com a reflexão do texto bíblico iluminador deste IV Nordestão (Lc 5,1-11), no qual está o lema deste encontro: “Lançai vossas redes para pesca”. Dom Paulo afirmou que é hora de lançar as redes e não desanimar diante dos fracassos que porventura ocorrerem. É hora de fazermos uma catequese apresentando a mensagem numa linguagem contemporânea, sem perder sua essência.


No último dia do evento, os cinco regionais da CNBB apresentaram sugestões concretas para a catequese na sua região, comprometendo-se em realizá-las. O próximo regional que sediará o Nordestão de Catequese, será o Nordeste 5, Maranhão, em 2026.


213 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page