• Secom

Comunidades do interior do Maranhão são beneficiadas por Fundo Nacional de Solidariedade


O Fundo Nacional de Solidariedade - FNS é mantido pela Campanha da Fraternidade, por meio do gesto concreto, coleta realizada no Domingo de Ramos.


Por Diocese de Brejo

Com colaboração da Redação

Fotos: Gean Nunes

Dom Valdeci em visita a projeto beneficiado pelo FNS no Maranhão | Foto: Gean Nunes

Entre as as discussões mais recentes sobre a importância da Campanha da Fraternidade e seus desdobramentos na Igreja, a secretária executiva da CNBB Maranhão, Martha Bispo, afirma: "por isso e por mais é que devemos apoiar e acreditar na Campanha da Fraternidade".

Em Paulino Neves, município maranhense a mais de 190 km da capital, a Associação São Domingos, sediada no povoado que leva o nome, abrange quatro comunidades: Boa Fé, Mangaba, Santa Luzia e, claro, São Domingos. A associação é um exemplo entre os beneficiados pelo Fundo Nacional de Solidariedade - FNS, mantido pelo gesto concreto da Campanha da Fraternidade.


Em 2019, por meio da associação, as quatro comunidades foram beneficiadas pelo Fundo Nacional de Solidariedade. Trata-se de uma horta comunitária, onde as famílias das quatro comunidades têm participação direta e os trabalhos acontecem em mutirão e são desempenhados por homens e mulheres membros das Igrejas Católica e Assembleia de Deus.


O trabalho em mutirão e a solidariedade com os que precisam de ajuda são aspectos fundamentais deste projeto. A primeira colheita aconteceu em março de 2020. Desde lá, já colheram melancia, milho, feijão, quiabo, batatas, couve, cheiro verde, maracujá, maxixe e macaxeira. Há também plantação de banana e açude para criação de peixe.


Pé de fumo é usado como defensivo contra as pragas

Para a proteção das plantações contra as pragas, defensivo de fabricação caseira, manipulado a partir de plantas conhecidas e que servem naturalmente para essa função: o fumo, a pimenta, a folha de mamona e outros são compostos da solução. O mesmo vale para o adubo orgânico, feito com estrume de gado, porco, bode, galinha e outros.


A Associação São Domingos tem desempenhado um papel muito importante em produzir alimentos saudáveis na região. Em 2020 o projeto foi ampliado com investimento para a comercialização dos produtos. Beneficiados por um projeto da Rede Eclesial Panamazônica - REPAM, os produtos ora consumidos pelas famílias produtoras, são também vendidos para outras da região, na feira de Paulino Neves, e ainda ao município para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).


Esse novo projeto é uma bênção de Deus para as comunidades, eu me sinto agradecido por fazer parte da alegria do povo

Dom Valdeci em visita à comunidade

Dom José Valdeci, Bispo da Diocese de Brejo, visitou a comunidade São Domingos na última sexta, 11 de fevereiro, e viu a motivação das comunidades para ampliar seu espaço de trabalho. As famílias são gratas aos incentivadores dos projetos que beneficiam a associação, pois promovem trabalho com dignidade e honestidade. Dom Valdeci, na ocasião, destacou a importância da Campanha da Fraternidade com o Fundo Nacional de Solidariedade - FNS. Segundo o bispo “esse novo projeto é uma bênção de Deus para as comunidades, eu me sinto agradecido por fazer parte da alegria do povo que está em São Domingos, Santa Luzia, Mangaba e Boa Fé.”


Fundo Nacional de Solidariedade


A Campanha da Fraternidade tem como gesto concreto a Coleta Nacional da Solidariedade, realizada no Domingo de Ramos nas comunidades de todo o Brasil. Os recursos são destinados aos Fundos Diocesanos e ao Nacional da Solidariedade, os quais apoiam projetos sociais relacionados à temática da campanha.


Em 2019, o Fundo Nacional de Solidariedade - FNS distribuiu a quantia de R$3.814.139,81, atendendo a mais de 238 projetos. Em 2020, por causa da pandemia, não ocorreu arrecadação. O portal da CNBB está divulgando, desde o dia 10 de fevereiro, uma série de matérias sobre cada um dos projetos apoiados em 2019. É valido conhecer alguns projetos apoiados pelo FNS.


Desde 2018, o FNS disponibiliza um site onde é possível acompanhar e saber como anda a evolução da prestação de contas dos projetos, por meio do Portal da Transparência. Nele, há uma relação completa dos projetos aprovados. A CNBB também presta contas aos Ministérios da Cidadania e Justiça, Ministério Público e ao Conselho de Assistência Social - CAS.

263 visualizações0 comentário
PRESIDENTE

Dom Sebastião Bandeira

Bispo de Coroatá

SECRETÁRIA EXECUTIVA

Martha Isabel Furtado Bispo

98 9 9116 5638

Endereço

Rua do Rancho, 57

65.010-010 – São Luís - MA

Tel: (98) 3222-8341

Fax: (98) 3231-7056

CONECTE-SE