top of page
  • Secom

Ser padre: “grande missão de ensinar, pastorear e santificar”, padre Eduardo Cardim



A Igreja Católica, neste 04 de agosto, celebra a memória de São João Maria Vianney, que foi ordenado sacerdote em 1815, e considerado padroeiro dos sacerdotes. Seu exemplo e testemunho desperta nos sacerdotes a vontade de servir à Deus nesta missão de ensinar, pastorear e santificar, e por esta razão esta data é considerada também Dia do Padre.


"Cura d'Ars"

A trajetória do santo padroeiro dos sacerdotes perpassa por uma situação peculiar: ele não poderia ser confessor, por não ser considerado capaz de guiar consciências. Contudo, após três anos de sua ordenação, conseguiu a liberação para exercer o apostolado plenamente, e tornar-se também um confessor.


São João Maria Vianney foi então designado a vigário geral na cidade de Ars-sur-Formans, muito conhecida pelos maus costumes de seus habitantes. Contudo, ele reverteu essa realidade após treze anos de pastoreio, a igreja ficava lotada e todos queriam confessar-se. Sua fama correu por toda Europa e todos os o consideravam santo.


Ele morreu em 1859, com 73 anos. João Maria Batista Vianney foi canonizado pelo Papa Pio XI, em 1925, mas já era venerado como santo. Foi proclamado padroeiro dos sacerdotes, além disso, no dia de sua festa, passou a ser celebrado o Dia do Padre.


Sacerdotes no Maranhão

De acordo com o último levantamento feito pela presidência do Regional Nordeste 5, a Igreja no Maranhão conta com 510 sacerdotes, sendo que 124 estão na Arquidiocese de São Luís do Maranhão. Ainda sobre este total, 71% são diocesanos e 29% religiosos.


Padre Eduardo Cardim, presidente da comissão dos presbíteros do Regional Nordeste 5, destaca neste dia a espiritualidade de São João Maria Vianney e seu testemunho para os sacerdotes. Confira, a mensagem na íntegra a seguir:


Olá, irmãos e irmãs do nosso querido regional nordeste 5!

Hoje, 04 de agosto, a Igreja celebra São João Maria Vianney, presbítero nascido perto de Leão, cresceu durante a revolução francesa. Após grandes esforços e dificuldades, conseguiu chegar ao sacerdócio em 1815 tornando-se três anos depois primeiro pároco de As. Animado, de grande desejo, de ser verdadeiro pastor, bom de caráter, simples, humilde e sincero com a extraordinária capacidade de sacrifício, converteu primeiro sua paróquia, outrora indiferente, transformando-a numa comunidade exemplar, à força de sua ação sacerdotal provendo testemunho de sua vida pobre, penitente toda feita de fé, caridade, doação e dos dons carismáticos que Deus lhe concedia. Morreu aos 73 anos, Pio XI, canonizou-o em 1925. E em 1929 proclamou-o patrono dos padres. Por isso, que hoje, 04 de agosto celebramos o dia do padre. Então, fica aqui minhas orações, meu abraço fraterno a todos os padres do nosso imenso Maranhão. Que Deus sempre nos abençoe, nos guie, nos proteja dessa nossa grande missão de ensinar, pastorear e santificar. Feliz dia do padre!



51 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page