• Secom

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

Atualizado: Mai 20

“Permanecei no meu amor e produzireis muitos frutos” (cf. João 15,5-9). Este é o tema da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que no hemisfério sul acontece de 16 a 23 de maio de 2021.


No Brasil, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC) é responsável pelas iniciativas de celebração da Semana, que se desenvolve entre as Solenidades da Ascenção do Senhor e Pentecostes. O momento é oportuno para estreitar os laços e o diálogo entre as Igrejas Cristãs participantes do Conselho.


Subsídios


Segundo o CONIC, os materiais da Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC), serão disponibilizados de forma virtual, o que configura um impacto significativo para o meio ambiente.




Todos são convidados a vivenciar esta Semana. No Regional Nordeste 5, cada diocese trabalha de acordo com sua realidade, seja com as intenções nas celebrações, ou com o compartilhamento do subsídio em grupos online para que as famílias possam fazer seus momentos de reflexão em casa ou em pequenos grupos nas comunidades. Este último, foi realizado pela Arquidiocese de São Luís, através do coordenador da Ação Evangelizadora Missionária, padre Jadson Borba.


"Desejo que a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos possa frutificar em nós o desejo de uma sociedade mais justa e fraterna, na qual o diálogo seja uma ponte que nos leva ao encontro do outro", pontua padre Jadson Borba.


Para baixar o cartaz em alta resolução, clique aqui.

Para baixar os subsídios para as Rodas de Conversa, clique aqui.


Para mais informações, acesse: https://www.conic.org.br/portal/semana-de-oracao.


Oração Oficial


Amado e misericordioso Deus pai e mãe,

Tu nos chamas para vivermos a unidade e a reconciliação.

Por isso estamos reunidas (os) para celebrar, orar, e Te louvar.


Nesta semana de oração, queremos ser tocadas (os) por Teu Amor e ao permanecer Nele, nos reconciliamos conosco e com nossas irmãs e irmãos.


Em Cristo, Teu Amado Filho, desejamos produzir bons frutos para vivermos em comunhão, restabelecendo relações de amizade, partilha e solidariedade e, assim, nos reconhecermos como irmãs e irmãos neste mundo tão dividido.



56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo