top of page
  • Secom

Padroeiro do Maranhão: Paróquia e Santuário de São José de Ribamar celebra 80 anos


Em 29 de abril de 1942, por decreto do então arcebispo de São Luís do Maranhão, dom Carlos Carmello, comemoramos, com grande alegria, o aniversário da “elevação do Curato de São José de Ribamar à categoria de Paróquia com o mesmo Orago é a mesma matriz”.


Segundo o historiador Mário Carvalho, todas as vezes que se tem um grande número de fiéis em torno da escrita, peregrinação ou contato pessoal a um lugar sagrado, este lugar é refúgio para muitos que buscam com fé alcançar milagres, o clero da igreja tem essa posse de decretar ou elevar uma comunidade religiosa a nível de paróquia ou de Santuário. Segundo o conceito canônico, a paróquia define-se como comunidade de fiéis, constituída estavelmente na igreja particular, e seu cuidado pastoral é confiado ao pároco como a seu próprio pastor, sob a autoridade do bispo diocesano” (Cân. 515 - § 1).


Nesse sentido, a Paróquia e Santuário de São José de Ribamar pode ser comparada a outros Santuários Brasileiros com grande devoção, como o Santuário Nacional de Aparecida, ou de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém. O historiador Antonio Miranda relata que essa devoção é uma expressão de imitação de uma virtude, sendo São José de Ribamar protetor da cidade edificada acima do mar, onde a verdadeira devoção a São José é conhecer pormenorizadamente toda história de sua vida e tentar imitá-lo. A crescente devoção de São José, fez com que muitos devotos, viessem até este lugar sagrado para pagar promessas, pedir bençãos e graças, batizar seus filhos, e comentou que “a importância da criança ser batizada na paróquia ribamarense, não é ser somente batizada, mas também crescer na instrução e seguimento na fé instruída pelos pais, padrinhos e catequistas.


Padre Cláudio Roberto, reitor do Santuário, afirma que o reconhecimento dado à Paróquia de São José de Ribamar se dá pelas multidões de fiéis, ao longo de alguns séculos, desde as suas humildes origens ainda enquanto Curato e Capela até os dias atuais, como o padroeiro do Estado do Maranhão. O que foi reconhecido, a pedido do arcebispo dom José Belisário e do padre Cláudio Roberto, reitor do Santuário, pela assembleia estadual de deputados, lei nº10.685 (22/09/2017) e por sanção do governador do Estado, decreto nº 33.389-A (28/09/2017), ocasião em que foi decretado e colocado no calendário oficial do Estado, o dia do padroeiro do Maranhão, São José de Ribamar, em 19 de setembro. Data a ser comemorada a cada ano dentro da grande festa do Padroeiro do Estado.


Em tempo:


Outra igreja histórica da arquidiocese de São Luís também instituída no dia 29 de abril é a Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, localizada na praça Gonçalves Dias, Centro de São Luís.


A Igreja Nossa Senhora dos Remédios foi instituída como Paróquia em 29 de abril de 1937, pelo então Arcebispo Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, conforme transcrição da Ata no Livro de Tombo:


“Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta por mercê de Deus e da Santa Fé Apostólica, Arcebispo Metropolitano de S. Luiz do Maranhão: A todos a quem forem presentes estas nossas Letras Patentes de Ereção Canônica Paroquial, saudação e bênção em o Senhor. É dever precificado nosso Ofício Pastoral proporcionar a todos os fieis confiados à nossa solicitude maior comodidade para o Culto Divino e assim a assistência efectiva ao Pároco que cura da vida sobrenatural das almas. Eis porque, sobretudo, digo solicitado o voto do nosso cabido e, outrossim, ouvidos os párocos e mais pessoas interessadas, resolvemos exigir canonicamente as três novas paróquias desta arquidiocese na forma abaixo. Paróquia do Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora dos Remédios. Esta paróquia fica instituída pelo território delineado pelo seguinte perímetro: Estrada do Anil, Estrada do Matadouro até a Avenida João Pessoa, Rua Vila Passos, Estreito do Bacanga, Rua Francisco Rodrigues, Praça da Saudade, Rua Rodrigues Fernandes, Praça Deodoro, Rua Rio Branco e Praça Gonçalves Dias. S. Luis, 29 de abril de 1937. Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta. Criada esta paróquia aos 29 de abril de 1937 primeiro aniversário da posse do Ilmo arcebispo, foi pelo mesmo solenemente inaugurada aos dois de maio do mesmo ano. Nesse dia celebrou sua Excia. Revma. nesta igreja, e a estação do Evangelho, depois de falar ao povo sobre a criação da nova paróquia deu posse ao novo Vigário Padre Alfredo Costa, sj. Estiveram presentes neste dia de reunião os membros do apostolado dos homens e grandes números de fieis”.


*Texto sobre o histórico do Santuário de São José de Ribamar de Padre Claudio Roberto, Reitor da Paróquia e Santuário São José de Ribamar

Colaboração de Antônio Miranda e Maria Carvalho, historiadores

Foto Santuário de São José de Ribamar: Ribamar Carvalho

Foto Igreja Nossa Senhora dos Remédios: Divulgação

13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page