• Secom

Juventude de Zé Doca lança projeto “Adote um irmão, adote uma irmã”

Por Conselho Diocesano da Juventude

Com colaboração da Redação


A juventude da Diocese de Zé Doca, esteve reunida neste mês de maio, com a participação de Dom João Kot, bispo de Zé Doca, e, em conjunto, criaram o Conselho Diocesano da Juventude - CDJ. Inspirados pelo Movimento da Juventude Católica da Indonésia, lançaram o projeto “Adote um irmão, adote uma irmã”.


Preocupados com as diversas situações em que a juventude do Regional possa se encontrar com todo o contexto pandêmico, o novo Conselho visa dar apoio aos jovens que se encontram em situações de conflitos com a chegada de novas responsabilidades.


O Conselho afirma que “na Igreja de Cristo ninguém é descartado ou dispensado, mas sim, acolhido e acompanhado desde a primeira infância, até os últimos momentos da vida. E, com a juventude, não poderia ser diferente: temos obrigação de nos preocupar com os nossos jovens”.


A metodologia do projeto, segundo o Conselho Diocesano da Juventude (CDJ), consiste em acolher, conversar, estimular e rezar pelo jovem que precisa de apoio.


“O Evangelho precisa ser apresentado, compreendido e acolhido como algo capaz de dar sentido à vida, inspirando atitudes de outra forma inexplicáveis, como a fidelidade aos compromissos, o perdão e a reconciliação, a renúncia, o desapego... Atitudes e perfis que permitirão nosso jovem a se identificar, com e entre outros jovens, como discípulos de Cristo”, orienta o Conselho Diocesano da Juventude.


17 visualizações0 comentário