PRESIDENTE

Dom Sebastião Bandeira

Bispo de Coroatá

Endereço

Rua do Rancho, 57

65.010-010 – São Luís - MA

Tel: (98) 3222-8341

Fax: (98) 3231-7056

SECRETÁRIA EXECUTIVA

Martha Isabel Furtado Bispo

98 9 9116 5638

CONECTE-SE

VICTOR SILVA

CNBB Regional NE V divulga nota em solidariedade ao povo Guajajara







O líder indígena Paulo Paulino Guajajara, do grupo denominado Guardiões da Floresta, foi assassinado numa emboscada realizada ontem (1º) na Terra Indígena Arariboia, no município maranhense de Bom Jesus das Selvas. A informação foi confirmada pela Secretaria de Participação e Direitos Humanos do Maranhão. Em nota divulgada neste domingo, (3), o Regional NE 5, se solidariza com o povo Guajajara.


Nota na íntegra:


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil- CNBB, Regional NE 5, diante do conflito acontecido, no Município de Bom Jesus das Selvas- MA, no Território indígena Arariboia, onde, resultou no assassinato do Guardião da floresta, o indígena Paulo Paulino Guajajara, sendo ferido o também Guardião, Laércio Guajajara, onde não indígenas estão envolvidos, vem a público manifestar a sua solidariedade a este povo e expressar o nosso repúdio a toda sorte de violência em que sofre nossa população, de maneira particular os indígenas.

Fazemos nossas, as palavras expressas no Documento final do Sínodo da Amazônia que entregamos há poucos dias ao Papa Francisco: “A Igreja se compromete a ser aliada dos povos amazônicos para denunciar os ataques contra a vida das comunidades indígenas, os projetos que afetam o meio ambiente, a falta de demarcação de seus territórios, bem como o modelo econômico de desenvolvimento predatório e ecocida. (Doc.Final n.46) “Para a Igreja, a defesa da vida, da comunidade, da terra e dos direitos dos povos indígenas é um princípio evangélico, em defesa da dignidade humana: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Doc. Final n.47).


REPUDIAMOS e DENUNCIAMOS a omissão e morosidade do Estado brasileiro na proteção e defesa dos territórios indígenas, cujos direitos foram assegurados na Constituição brasileira, colaborando para que em muitos lugares a violência contra estes povos aconteça.


CONCLAMAMOS com insistência para que as diversas autoridades e organismos responsáveis de proteger estes povos, apurem com transparência os fatos, protejam os doentes e os ameaçados de morte e tomem as medidas necessárias e eficazes para a resolução deste conflito e dos demais que se arrastam há anos nas terras indígenas e quilombolas do nosso Maranhão.

Pedindo a intercessão de Todos os Santos, cuja festa celebra-se hoje, entre os quais tantos mártires que deram suas vidas em defesa de nossos povos imploramos as bênçãos de Deus para que o sonho da Terra sem males, possa acontecer, em nosso estado e país com a participação de todos nós. São Luís, 03 de novembro de 2019.

Dom Sebastião Bandeira Coelho Presidente do Regional NE5 da CNBB Bispo Diocesano de Coroatá-MA

29 visualizações