top of page
  • Secom

Tradicional “Coleta para a Terra Santa” em prol dos lugares santos será feita na Sexta-Feira Santa



Os cristãos católicos do Brasil e de todo mundo são convidados a estender seu gesto de caridade contribuindo com a “Coleta para a Terra Santa” que acontece tradicionalmente na Sexta-Feira Santa. A coleta também conhecida como “Collecta pro Locis Sanctis”, é a principal fonte para o sustento da vida que se desenvolve em torno dos locais sagrados.


Ao Vatican News o custódio da Terra Santa, irmão franciscano Francesco Patton falou da importância do trabalho de manutenção, preservação e revitalização dos lugares santos do cristianismo na Terra de Jesus e em todo o Médio Oriente.


“É nosso dever dar a todos a oportunidade de ver e tocar os lugares onde Jesus viveu, morreu e ressuscitou por nós. São os lugares que nos recordam que é verdade o que os Apóstolos nos anunciaram e o que a Igreja nos transmitiu ao longo dos séculos para dar sentido e plenitude à nossa vida”, destacou.


A coleta é o resultado da vontade dos papas de manter forte o vínculo entre todos os cristãos do mundo e os locais sagrados.


Leia a mensagem na íntegra:


Dentro de poucos dias celebraremos a Páscoa junto aos nossos cristãos da Terra Santa e aos peregrinos vindos de todo o mundo. Aqui, em Jerusalém, o Senhor morreu e ressuscitou por nós. É diante do seu túmulo vazio que sentimos fortalecer a nossa fé e renovar a nossa esperança.


O nosso principal compromisso como frades menores da Custódia da Terra Santa, é cuidar das pedras abençoadas e santas, que são os santuários e ao mesmo tempo, cuidar das “pedras vivas”, que são os cristãos locais e os peregrinos.


É nosso dever dar a todos a oportunidade de ver e tocar os lugares onde Jesus viveu, morreu e ressuscitou por nós. São os lugares que nos recordam que é verdade o que os Apóstolos nos anunciaram e o que a Igreja nos transmitiu ao longo dos séculos para dar sentido e plenitude à nossa vida.


Tornar os santuários mais acolhedores, realizar atividades pastorais e sociais é um serviço que fazemos com o coração e em nome de toda a Igreja. Estamos também a serviço de uma Igreja ferida por tantos anos de conflitos e guerras e agora também pela devastação do terremoto.


Certamente que tudo isto tem um custo e grande parte desse custo, é coberto anualmente pela Coleta da Sexta-Feira Santa e pela generosidade dos fiéis de todo o mundo, pela vossa generosidade. Nessa ocasião, nós frades da Custódia da Terra Santa nos fazemos mendicantes e recorremos à vossa generosidade, para que a Sexta-Feira Santa seja um dia de solidariedade universal, um dia em que os cristãos de todo o mundo abracem concretamente a Igreja mãe de Jerusalém.


Por favor, abra o vosso coração à generosidade e as vossas mãos à solidariedade. Graças à tua ajuda, também nós poderemos continuar cuidando desta Terra Santa e de seus filhos.


Assista e doe em sua comunidade e paróquia:




Por Fr. Francesco Patton OFM - Custódio da Terra Santa para o Vatican News.

32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page