• Secom

Pastoral Carcerária realiza Encontro Nacional em São Luís, MA




Entre os dias 21 a 25 de julho acontece o Encontro Nacional das Coordenadoras Estaduais para a Questão da Mulher Encarcerada, no Centro Comboniano, bairro Olho D’Água, em São Luís, Maranhão. A biblista do CEBI-CE, Ana Selma, assessora o Encontro.


A Pastoral Carcerária sempre teve preocupação com todas as pessoas encarceradas, familiares e sobreviventes, e, então, devido ao número crescente de prisões de mulheres, criou-se um grupo específico para pensar este aumento. Dessa forma, surge o objetivo central do Encontro que é fortalecer a caminhada da Pastoral na questão de gênero.

A abertura do Encontro Nacional foi realizada com a presença de dom Gilberto Pastana que presidiu a celebração.

A abertura do Encontro foi realizada com a santa missa presidida pelo arcebispo de São Luís, dom Gilberto Pastana, que acolheu as participantes de forma calorosa e fraterna. Ele as convidou a refletir sobre a missão desafiadora e profética da Pastoral Carcerária num mundo onde pessoas são descartadas e muitas, principalmente as mulheres, são invisíveis, pouco incluídas, tanto na Igreja quanto na sociedade.


A programação segue com momentos de reflexão sobre a análise de conjuntura; estudos de caso sobre pena de multa e agenda desencarceramento; além da construção de uma nota pública conjunta sobre pessoas idosas que cuidam de neto (as) – idosas da PCr e de mulheres encarceradas.


A programação contou ainda com visita à Unidade Prisional de Ressocialização Feminina.

Neste encontro, há a participação de 20 estados, sendo um total de 28 participantes, trabalhando diversos temas como: saúde das pessoas encarceradas e agentes da pastoral carcerária; cárcere e pandemia; tortura contra mulheres encarceradas; legislação específica; políticas públicas para mulheres encarceradas; população LGBTQIA+ no sistema carcerário; violência de gênero; pena de multa e agenda nacional pelo desencarceramento de mulheres.


Somam-se ao grupo, Rosilda Ribeiro (MS), coordenadora nacional da Pastoral Carcerária; padre Almir José-SC, vice-coordenador (trata sobre o tema da saúde das agentes da pastoral e das pessoas encarceradas); padre Gianfranco, assessor teológico da pastoral. Sendo todos acolhidos por padre Elisvaldo e irmã Paula (MA).


Que Santa Maria Madalena interceda por este Encontro Nacional da Pastoral Carcerária.


Com informações e fotos da coordenação regional da Pastoral Carcerária.

260 visualizações0 comentário