• Secom

Papa Francisco concluirá o mês mariano com o terço à Rainha da Paz nesta terça-feira (31)


Em um comunicado o Pontifício Conselho para a Promoção da nova Evangelização informa que o Papa Francisco rezará o Terço, na terça-feira, 31 de maio, às 18 horas diante da imagem de Nossa Senhora Regina Pacis na Basílica de Santa Maria Maior em Roma.


Portanto, na conclusão do mês mariano, o Papa Francisco deseja oferecer um sinal de esperança ao mundo, que sofre pelo conflito na Ucrânia, e se encontra profundamente ferido pela violência dos muitos cenários de guerra em várias partes do mundo.


Rainha da Paz

A imagem de Nossa Senhora Rainha da Paz foi encomendada por Bento XV, ao escultor Guido Galli, para pedir à Virgem Maria o fim da Primeira Guerra Mundial em 1918. Nossa Senhora está representada com o braço esquerdo levantado como um sinal para ordenar o fim da guerra, enquanto que com o direito ela segura o Menino Jesus, pronto para soltar o ramo de oliveira simbolizando a paz. As flores são esculpidas na base, simbolizando o desabrochar da vida com o retorno da paz. É tradição que os fiéis coloquem pequenos bilhetes escritos à mão com intenções de oração aos pés da Virgem. O Papa colocará uma coroa de flores aos pés da estátua antes de dirigir sua oração a Nossa Senhora e deixar sua intenção particular.


A oração

Várias pessoas estarão presentes para apoiar a oração do Papa representando o Povo de Deus. Estarão os meninos e meninas e jovens que receberam sua Primeira Comunhão e a Crisma nas últimas semanas, escoteiros, famílias da Comunidade Ucraniana de Roma, representantes da Juventude Ardente Mariana (GAM), membros do Corpo de Gendarmaria do Vaticano e da Pontifícia Guarda Suíça, e as três paróquias de Roma intituladas à Nossa Senhora Rainha da Paz, juntamente com membros da Cúria Romana. Como sinal de proximidade com os mais envolvidos na dinâmica desses trágicos eventos foram convidados a rezar as dezenas do Rosário, uma família ucraniana, pessoas relacionadas à vítimas de guerra e um grupo de capelães militares com suas respectivas corporações.


Santuários e Catedrais que participam

Outro sinal importante é o envolvimento de santuários internacionais de todo o mundo junto com algumas Catedrais localizadas em países ainda em guerra ou com forte instabilidade política que causa numerosos episódios de violência. Estes santuários rezarão o Terço ao mesmo tempo que o Santo Padre e serão ligados via streaming à transmissão ao vivo a partir de Roma. Estarão em conexão com o Papa:


Santuário da Mãe de Deus (Zarvanytsia) na Ucrânia; Catedral de Sayidat al-Najat (Nossa Senhora da Salvação) no Iraque; Catedral de Nossa Senhora da Paz na Síria; Catedral de Maria Rainha da Arábia no Bahrein. Junto com estes, os Santuários Internacionais: Santuário de Nossa Senhora da Paz e Boa Viagem; Santuário Internacional de Jesus Salvador e Mãe Maria; Santuário de Jasna Góra; Santuário Internacional dos Mártires Coreanos; Santa Casa de Loreto; Santíssima Virgem do Santo Rosário; Santuário Internacional Nossa Senhora de Knock; Santíssima Virgem do Rosário; Nossa Senhora Rainha da Paz; Nossa Senhora de Guadalupe; Nossa Senhora de Lourdes.


Todos os fiéis em todas as partes do mundo são convidados a apoiar o Papa Francisco na oração à Rainha da Paz. A oração será transmitida ao vivo nos canais oficiais da Santa Sé, todas as redes católicas do mundo estarão conectadas e será acessível na linguagem dos sinais em italiano LIS.


Com informações do VaticanNews

3 visualizações0 comentário