• Secom

Papa anuncia 21 novos cardeais, e dois são brasileiros


Na conclusão do Regina Coeli neste domingo, 29 de maio, data em que a Igreja festeja a Ascensão do Senhor, o Papa Francisco fez o anúncio de 21 novos cardeais que serão criados no Consistório a ter lugar em 27 de agosto próximo. Entre eles estão dois brasileiros. O arcebispo da arquidiocese de Manaus (AM), dom Leonardo Steiner, e o arcebispo de Brasílial (DF), dom Paulo Cezar Costa.


“Rezemos pelos novos cardeais para que, confirmando a sua adesão a Cristo, me ajudem no meu ministério de Bispo de Roma para o bem de todo o fiel Povo Santo de Deus”, pediu o Santo Padre após o anúncio.


Dom Leonardo Steiner

Dom Leonardo Ulrich Steiner nasceu no dia 6 de novembro de 1950 em Forquilhinha (SC). Ingressou na Ordem dos Frades Menores (OFM) no dia 20 de janeiro de 1972, quando foi admitido no Noviciado da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil.


Dom Leonardo foi nomeado como novo arcebispo metropolitano de Manaus pelo Papa Francisco no dia 27 de novembro de 2019. O novo arcebispo chegou à Manaus na tarde de quarta-feira, 29 de janeiro, e foi recebido por padres, bispos e agentes pastorais. A missa de acolhida foi celebrada, na sexta-feira, 31 de janeiro, às 19 horas, na catedral metropolitana de Manaus Nossa Senhora da Conceição.


A Presidência da CNBB o nomeou, em 4 de abril de 2022, como o novo presidente da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia. Dom Leonardo concluirá o mandato referente ao quadriênio 2019-2023. O arcebispo também é o 1º Vice-presidente da Conferência Eclesial da Amazônia, criada em 29 de junho de 2020, e erigida canonicamente pelo Papa Francisco em 9 de outubro de 2021.


Dom Paulo Cezar Costa

Natural de Valença (RJ), dom Paulo Cezar Costa nasceu em 20 de julho de 1967, filho de Geraldo Manoel da Costa Amaral e Maria Alice Miranda Amaral. Possui graduação em Teologia pelo Instituto Superior de Teologia da arquidiocese do Rio de Janeiro (1991), Mestrado (1998) e Doutorado (2001) em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana.


No dia 21 de outubro de 2020, o Papa Francisco escolheu dom Paulo Cezar Costa como arcebispo da arquidiocese de Brasília (DF). Sua posso ocorreu no dia 12 de dezembro, numa cerimônia restrita, por conta da pandemia, na Catedral de Brasília.


Saudação da Presidência da CNBB aos novos cardeais brasileiros


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se alegra com a escolha do Santo Padre para que Dom Leonardo Ulrich Steiner, arcebispo de Manaus (AM), e Dom Paulo Cezar Costa, arcebispo de Brasília (DF), façam parte do Colégio Cardinalício. Saúda os dois novos cardeais brasileiros e roga ao Bom Deus para que os cumule das forças necessárias à missão que hoje receberam.


A convocação do Consistório na Solenidade da Ascensão do Senhor é um forte apelo a todos os batizados e batizadas para assumirem com empenho a missão de anunciar a Boa Nova do Evangelho, trabalhando incansavelmente pelo Reino de Deus.


A comunhão do Colégio Cardinalício, vivenciada em torno ao Sucessor de Pedro, estimula a Igreja a continuamente concretizar a comunhão em todas as suas instâncias, tornando-se uma Igreja sempre mais solidária e sinodal, capaz de “escutar com o coração” o clamor dos que sofrem, “falar com sabedoria e ensinar com amor”.


Que Aparecida, nossa mãe e padroeira do Brasil, lhes cubra de bênçãos neste serviço à Igreja!


Em Cristo,


Dom Walmor Oliveira de Azevedo

Arcebispo de Belo Horizonte (MG)

Presidente da CNBB


Dom Jaime Spengler

Arcebispo de Porto Alegre (RS)

Primeiro Vice-Presidente da CNBB


Dom Mário Antônio da Silva

Arcebispo de Cuiabá (MT)

Segundo Vice-Presidente da CNBB


Dom Joel Portella Amado

Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)

Secretário-geral da CNBB



12 visualizações0 comentário