top of page
  • Secom

Padre Ramon celebra sua primeira Semana Santa com comunidade indígena de Rondônia



Transferido em janeiro deste ano da Arquidiocese de São Luís do Maranhão para Guajará-Mirim (RO), através do Projeto Igrejas Irmãs, padre Ramon Henrique Costa, presbítero recém ordenado (12/ 11/2022), celebrou a sua primeira Semana Santa depois de padre no distrito de Surpresa (RO), comunidade indígena localizada a 100km de Guajará-Mirim, sede da Diocese.


"Foi tempo propício para celebrar e viver com as diversas comunidades indígenas e com as religiosas que residem naquela área pastoral tão desafiante devido sua questão geográfica", testemunha padre Ramon Henrique e seguiu:

"Como Igreja, não podemos mais nos contentar em 'carregar Jesus' sacramentalmente apenas por alguns dias do ano, com uma 'pastoral da visita' às comunidades indígenas. Na 'pastoral da presença', Jesus não apenas 'visita' a comunidade, mas permanece com eles. Ele cuida de sua tenda entre eles, onde quer que essas comunidades estejam", concluiu.

Padre Ramon também viveu a experiência de renovar pela primeira vez as promessas presbiterais, na Missa dos Santos Óleos, em terras longínquas, em missa presidida pelo bispo maranhense, dom Benedito Araújo.


"Aqui podem encontrá-lo (Jesus) frequentemente na Eucaristia, acompanhando-os na solidão, no afastamento, nos sofrimentos e nas lutas" (padre Ramon Henrique).


O neo presbítero em breve será apresentado à Paróquia Nossa Senhora de Fátima, localizada no distrito Nova Dimensão, em Nova Mamoré, a 100km de Guajará-Mirim, integrante da mesma Área Pastoral da Catedral, como o seu mais novo administrador paroquial.


Com informações e fotos da assessoria de comunicação da Arquidiocese de São Luís do Maranhão.

33 visualizações0 comentário
bottom of page