top of page
  • Secom

Missão Jesus no Litoral 2022 (RCC) do Regional NE5 ocorre na capital maranhense, até dia 1º



Na quarta-feira dessa semana (28/12) 300 jovens da missão nacional Jesus no Litoral (JNL), que desembarcaram na capital maranhense para seis dias de querigma, ação social e vivência fraterna, realizaram uma Serenata para o arcebispo de São Luís do Maranhão, dom Gilberto Pastana. A ação deu início à programação desse ano do JNL 2022 do Regional NE5, que seguirá até o dia 31 de dezembro em São Luís (MA).


Os jovens foram para da Catedral Nossa Senhora da Vitória, localizada na praça Dom Pedro II, Centro da cidade, e ao som de músicas do rei Roberto Carlos - "Jesus Cristo" e "Como é grande o meu amor por você", renovaram diante de dom Pastana o amor pela Igreja e pelo Rei Jesus.

A missão JNL é promovida pela Renovação Carismática Católica (RCC) do Brasil, e acontece em diversos estados com região litorânea, tendo também tomados diversas versões, de acordo com a geografia e condições climáticas dos Estados. Atualmente existe, por exemplo, versões com o nome Jesus nas Praças, Jesus no Pantanal, Jesus no Bananal, Jesus no Rio., sob a coordenação do Ministério Jovem. No Brasil, ela acontece desde o ano de 2002, e no estado do Maranhão, começou no ano de 2010, tendo sido o Estado o pioneiro a realizar o JNL na região Nordeste do País.

Nesse ano, no Maranhão, participam da missão jovens das 12 Dioceses do Regional NE5: Arquidiocese de São Luís do Maranhão, Balsas, Bacabal, Brejo, Carolina, Caxias do Maranhão, Coroatá, Grajaú, Imperatriz, Pinheiro, Viana, Zé Doca.


Atualmente o MJ da RCC Maranhão é coordenado pelo jovem Júnior Oliveira, da Diocese de Bacabal, que relatou ter se emocionado com a experiência vivida Serenata para o arcebispo: "A experiência com dom Gilberto foi incrível! Sentimos, de fato, que a Igreja é missionária e ama a juventude. Acredito também que foi um momento histórico, nunca havia presenciado um momento como esse com o arcebispo (dom Gilberto)", declarou Júnior Oliveira, ressaltando que se sentiu muito acolhida por dom Gilberto.

Ao acolher os jovens, dom Pastana motivou-os a seguirem nesses dias de querigma, e reforçou: "Continuem o trabalho realizado aqui, em suas paróquias!" Referindo-se à importância de dar continuidade à ações como essas na realidade local de cada uma das dioceses e paróquias que os jovens representam.

Legado do JNL

O pedido de dom Gilberto já é experimentado pelos jovens no Maranhão. É o que se constata com pessoas como o jovem padre Mário Roberto de Mesquista Martins, sacerdote paulino, ex-coordenador arquidiocesano do Ministério Jovem em São Luís do Maranhão, que hoje mora em São Paulo (SP), mas está de férias em São Luís (MA).

Padre Mário encontrou com os missionários quando estava na Cúria em visita a dom Gilberto Pastana. Ao olhar os 300 jovens e o carro de som, aproveitou para dar seu breve testemunho, de jovem que participou da primeira edição da missão JNL no Maranhão, e deixar palavras de força, além de uma benção.


Padre Mário ressaltou que todas as expressões eclesiais (e não apenas a RCC), buscam promover esse encontro pessoal com Cristo através do querigma, e cada uma com sua espiritualidade, porém, recordou com carinho que a sua decisão pela vocação presbiteral (do padre Mário)se deu quando ainda participava do Ministério Jovem da RCC em São Luís (MA). Assim, ao Ano Vocacional (2023), reforçou que momentos como esses, ajudam no processo de discernimento vocacional dos jovens.

Agora, já padre, pondera a importância da assistência dos presbíteros à missões como o JNL: "Nós padres podemos apoiar de diversas formas esse projeto. Em primeiro lugar com as orações, depois, é previsto durante o projeto momento de confissões, adoração eucarística, missas...o apoio do padre é importante para o projeto e para os jovens que participam", recordou padre Mário, lembrando, também, a importância de se ajudar financeiramente os jovens, que muitas vezes ainda não trabalham e têm dificuldades para assumir a missão.


Sobre a missão Jesus no Litoral

Conhecida em todo o Brasil, a missão JNL acontece anualmente, em sua maioria nos períodos de férias, durante o mês de julho ou durante as festas de final do ano. O projeto nasceu inicialmente no Paraná, como resposta ao apelo do Papa João Paulo II, durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em Toronto (Canadá), que convocava os jovens a evangelizarem colocando à disposição da graça de Deus as características peculiares da idade: ousadia, alegria, disposição, coragem, força e fé.

Assim, os jovens paranaenses pensaram em uma missão que acontecesse em um lugar de período de grande concentração de pessoas, e em um momento propício, onde as pessoas estariam mais abertas a ouvirem uma mensagem de esperança e de amor. Pesquisas inclusive relatam que o final do ano é um período em que muitas pessoas tendem a ficar depressivas ou até desesperadas, o que levou os líderes e pioneiros do JNL a elegerem como tempo oportuno.

Com o passar do tempo, além de momentos de espiritualidade, em alguns lugares, a missão passou a acrescentar programação esportiva, cultural, e ações de cunho social, com vista a promoção da dignidade humana, como visitas em hospitais, atendimento com cuidados de higiene pessoal e distribuição de roupas e alimentos para população em situação de rua.


Programação JNL 2022/2023 Maranhão

A missão JNL é composta por uma mescla de atividades fechadas, apenas para os missionários, e outras abetas ao público. Abaixo, segue programação desse ano, que deve acontecer em três dos quatro municípios que compõem a Ilha do maranhão (São Luís, capital do Estado do Maranhão, fica em uma ilha).

Desde a última quinta (29), os jovens já evangelizaram na Praia da Raposa, na Praia do Araçagi, em Paço do Lumiar, e até na Rodoviária de São Luís.


  • Confira a programação dos próximos dias:

SÁBADO - 31/12

Campo de missão: Avenida Litorânea.

Atividade: Virada do Ano com Jesus

DOMINGO - 01/01

Campo de missão:

Atividade: Arrastão da paz e querigma; e Santa Missa de encerramento da missão Jesus no Litoral, edição 2022/2023, 11h.


*Programação sujeita a alteração pela coordenação do evento.

Siga as redes sociais de cobertura da missão: @rccmaranhaooficial


10 visualizações0 comentário
bottom of page