top of page
  • Secom

“Eu vi a aflição do meu povo e desci para libertá-lo”


Neste domingo, 21 de novembro, na Festa de Cristo Rei, a Igreja comemora o Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas. O termo leigo vem do grego laikus, cujo significado é povo. É aquele que recebe o batismo, segue a Cristo e não pertence ao ministério ordenado.


A iluminação bíblica, extraída do livro do Êxodo (3,7-8) “Eu vi a aflição do meu povo e desci para libertá-lo”, é o lema que inspira a reflexão deste ano. De acordo com a presidente do CNLB, Sônia Gomes de Oliveira, só pode ver a aflição do irmão quem se propõe a abrir o seu coração, as portas e as janelas de sua casa e caminhar rumo às periferias.


“Este é o sentimento e a espiritualidade

que precisamos alimentar em nós, a dimensão do serviço do avental que nos faz servidores. Os tempos são desafiadores, nunca foi tão difícil manter a profecia, mas nunca foi tão necessário testemunhar Jesus e seu Projeto em nossa sociedade”, afirma Sônia.


Para Maria José, da equipe de coordenação do CNLB do Regional Nordeste 5, as dificuldades dos leigos e leigas em missão são diversas, porém o maior é a dificuldade em sentir-se integrantes do organismo. “Temos muitos desafios, falta de recursos. Mas, para mim, o maior de todos é conseguir fazer com que os cristãos leigos e leigas se sintam pertencentes ao organismo. Porque todos se apresentam como pastoral da criança, pastoral do dízimo, da pessoa idosa, da PJ e etc. Mas, infelizmente não se sentem leigos. Isso tem sido o maior desafio em todo o Brasil e não é diferente em nosso Regional”.


Ser leigo e leiga nos dias atuais tem grandes desafios. Entretanto, todos os batizados e batizadas são chamados a ser leigos e leigas. E assim dar testemunho do seu batismo, independente de pastoral, grupo ou movimento a que pertence. Pelo batismo, os leigos e as leigas participam do sacerdócio, da profecia e do pastoreio de Cristo Jesus na qual assumem uma missão na família, na comunidade e na sociedade (cfr. Mt 28,19-20).


O Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas é celebrado desde 1991. O CNLB disponibiliza subsídio de reflexão e celebração para os regionais, arquidioceses, dioceses, paróquias, movimentos pastorais, associações laicais e comunidades em seu site.

71 visualizações0 comentário
bottom of page