• Secom

Economia de Francisco e Clara será abordada em evento da Pastoral Juvenil em Caxias



A Pastoral Juvenil do Maranhão inicia hoje, 21, o Seminário “Doutrina Social da Igreja e as juventudes: Economia de Francisco e Clara, Ladauto Sí, Política e Querida Amazônia”, no Centro de Formação da Diocese de Caxias-Maranhão. O evento conta com a presença de diversas expressões juvenis do Regional NE 5 da CNBB, totalizando cerca de 110 inscritos.


Dom Vilsom Basso, bispo de Imperatriz e referencial para a juventude do Regional Nordeste 5, destaca a Doutrina Social da Igreja como um compromisso social no coração da juventude do Maranhão em prol de uma sociedade melhor. “Queremos de verdade com este seminário fazer com que o caminho das juventudes do Maranhão continue no empenho pela vida, pela defesa da vida e a construção de uma sociedade cada vez melhor para todos e para todas”, disse.


Para o padre James Oliveira, assessor religioso da Pastoral Juvenil do Maranhão, o objetivo é despertar a juventude a ser protagonista, e a partir do Seminário, formar uma rede para multiplicar as novas ideias que serão debatidas no Seminário. “Com a pretensão de conscientizar cada vez mais as nossas juventudes do seu papel de protagonismo na sociedade, no mundo atual, como nos pede o papa Francisco, o nosso seminário vai abordar de modo direto quatro eixos importantes da doutrina social e do magistério do papa Francisco: a questão da economia, a questão da ecologia, da política e da eclesiologia. Com isso, esperamos animar os nossos jovens e os nossos assessores para que ao regressar às suas dioceses eles possam repassar, multiplicar estas ideias com os demais jovens, e assim criaremos uma rede em todo o nosso Maranhão de conscientização”, afirmou.

esperamos animar os nossos jovens e os nossos assessores para que ao regressar às suas dioceses eles possam repassar, multiplicar estas ideias com os demais jovens, e assim criaremos uma rede em todo o nosso Maranhão de conscientização

Com base nos cuidados contra a disseminação do novo coronavírus, dom Vilsom Basso lembra ainda que o evento acontece dentro dos protocolos sanitários em combate à pandemia. “Seguiremos todos os protocolos. Todos deverão estar com o certificado de vacinação em dia e também faremos um teste rápido de Covid quando todos chegarem. Além de todos os dias fazer o teste de temperatura, uso de álcool gel, máscara e distanciamento”, afirmou dom Vilsom.


Participação

O Seminário segue até o domingo, dia 23 de janeiro, encerrando com a celebração de envio. Além de dom Vilsom Basso, dom Valdeci Mendes, e dom Sebastião Duarte também marcarão presença no evento, bem como Eduardo Brasileiro e Igor da Articulação pela Economia de Francisco e Clara (ABEFC); Dom Antônio de Assis Ribeiro, SDB, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém e participante do Sínodo da Amazônia.


Confira a programação completa:


21/01 – Sexta

17h30min – Chegada/Acolhida/Credenciamento;

18h – Missa;

19h – Jantar;

19h30 – Contextualização e Momento Orante;

20h – Mesa Redonda com Dom Sebastião Duarte, Dom Valdeci Mendes e Dom Vilsom

Basso, SCJ;

21h30 – Encerramento;


22/01 - Sábado

06h45 - Café;

07h10 – Missa;

08h20 – Contextualização;

08h30 – Economia de Francisco e Clara - Eduardo Brasileiro;

10h15 – Cafezinho;

10h30 – Análise de Conjuntura - Economia de Francisco e Clara - Eduardo Brasileiro;

12h – Almoço/Intervalo;

14h – Laudato Si - Igor;

16h – Cafezinho;

16h20 – Laudato Si - Igor;

18h – Intervalo;

18h50 – Jantar;

19h30 – Mesa Redonda: A política como meio de transformação - Coletivo Nós;

21h – Encerramento;

23/01 - Domingo

06h45 – Café;

07h15 – Missa;

08h20 – Querida Amazônia;

10h – Cafezinho;

10h20 – Querida Amazônia - Dom Antônio - bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém;

11h30 – Celebração de Envio;

12h – Almoço;

79 visualizações0 comentário