top of page
  • CNBB

Bispos do Regional Nordeste 5 participam da segunda reunião do Conselho Permanente de 2024

Dom Gilberto Pastana, presidente do Regional Nordeste 5, partilhou sobre a 14ª Romaria das Terras e das Águas e  lei estadual de iniciativa popular contra a pulverização aérea de agrotóxicos


O Conselho Permanente da CNBB esteve reunido de 18 a 20 de junho, na sede da CNBB, em Brasília. Em pauta, assuntos como avaliação da 61ª Assembleia Geral, Análise de Conjuntura Eclesial e Social, CF 2025, encaminhamentos sobre as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora e sobre a celebração do Jubileu de 2025 foram abordados.


Do Regional Nordeste 5, participaram os bispos: dom Gilberto Pastana, arcebispo de São Luís do Maranhão, presidente do Regional Nordeste 5 e da Comissão Episcopal para Amazônia; dom Valdeci Santos Mendes, bispo de Brejo e presidente da Comissão Episcopal para Ação Sociotransformadora; dom Vilsom Basso, bispo de Imperatriz e presidente da Comissão Especial para as Juventudes; dom Francisco Lima Soares, bispo de Carolina e coordenador do grupo de análise de conjuntura Grupo Padre Tierry Linardy.




O primeiro tema da reunião do Conselho Permanente foi a análise de conjuntura social, apresentada pelo bispo de Carolina (MA) e coordenador do Grupo Padre Tierry Linardy, dom Francisco de Lima. A abordagem sobre “A nossa Casa comum é a nossa causa comum”, analisou as causas e efeitos da crise ambiental global.


14ª Romaria das Terras e das Águas e  lei estadual de iniciativa popular contra a pulverização aérea de agrotóxicos


Na tarde desta quarta-feira (19/06) foi a vez da partilhas dos presidentes dos regionais. Na oportunidade, dom Gilberto Pastana, presidente do regional Nordeste 5, falou sobre as quatro ações realizadas pelo regional a partir do plano regional de pastoral que foi aprovada durante a assembleia regional de 2023, no Conselho Regional.


Abordou também sobre o Seminário Regional em preparação à 14ª Romaria das Terras e das Águas, com o tema “Territórios Livres das cercas, dos trilhos e do agronegócio”. A Romaria será realizada nos dias 02 e 03 de agosto, na diocese de Viana.


Uma outra ação é uma coleta de assinatura em vista da criação de uma lei estadual de iniciativa popular proibindo a pulverização de agrotóxicos. “Encaminhamos ao ministro de estado do Meio Ambiente, Ibama e Ministério Público uma representação no qual reclamamos a ultrapassagem dos padrões de qualidade do ar, da contaminação de águas e da fauna”, disse. Outra iniciativa é o Seminário Regional de Liturgia com o tema “O espaço celebrativo e a iconografia da liturgia”.


Por falar em Casa Comum, a Campanha da Fraternidade de 2025 abordará o tema “Fraternidade e Ecologia Integral” e o lema “Deus viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31). 


A reunião foi finalizada na manhã desta quinta-feira, 20 de junho.


Com informações e fotos da CNBB Nacional.

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page