top of page
  • Secom

Bispos do Maranhão participam de primeira reunião do Conselho Permanente, após Assembleia Geral



Reunidos entre os dias 20 e 22 de junho, em Brasília-DF, membros do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) elegeram os bispos que irão integrar as Comissões Episcopais da entidade no quadriênio 2023-2027. Do Regional Nordeste 5, dois bispos estão fazendo parte de Comissões: dom Valdeci Mendes e dom Vilsom Basso. Esteve presente participando de sua primeira reunião, como presidente do Regional Nordeste 5, dom Gilberto Pastana. Bem como, dom Sebastião Duarte, da Comissão de Ecologia e Mineração.


Comissão Ação Sociotransformadora

Dom José Valdeci Santos Mendes, bispo de Brejo (MA), foi reeleito na 60ª Assembleia Geral da entidade, em abril deste ano. Os demais prelados que se somarão ao trabalho realizado pelo presidente da Comissão, serão: Dom José Ionilton de Oliveira, bispo da Prelazia de Itacoatiara (AM); Dom Limacedo Antônio da Silva, bispo auxiliar da arquidiocese de Olinda e Recife (PE); Dom José Reginaldo Andrietta, bispo para a diocese de Jales (SP); Dom João Aparecido Bergamasco, bispo da diocese de Corumbá (MS); Dom Geremias Steinmetz, arcebispo de Londrina (PR).


A Comissão tem a atribuição de fortalecer a participação da Igreja na formação do desenvolvimento humano integral, na construção de uma sociedade justa e solidária, promovendo o respeito aos Direitos Humanos, à luz do Evangelho, da Doutrina Social da Igreja e da opção pelos pobres. Abaixo, um breve currículo dos bispos eleitos.


Comissão Episcopal para a Juventude

Para conduzir a Comissão Episcopal para a Juventude, juntamente com o bispo de Imperatriz (MA) e presidente do colegiado, dom Vilsom Basso, foram eleitos: dom Darley José Kummer, bispo auxiliar de Porto Alegre (RS), e dom Antônio Fontinele, bispo de Humaitá (AM).


A Comissão Episcopal para a Juventude é o espaço que articula, convoca e propõe orientações para a evangelização dos jovens, respeitando o protagonismo juvenil, a diversidade dos carismas, a organização e a espiritualidade para a unidade das forças ao redor de algumas metas e prioridades comuns à luz do Documento 85 da CNBB – “Evangelização da Juventude”, das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e do Documento de Aparecida.


Sobre o Conselho Permanente

Esta foi a primeira reunião do Conselho Permanente após a 60ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com nova formação – 80 participantes -, incluindo os presidentes eleitos para as Comissões Episcopais e para a presidência dos 19 regionais da entidade acontece em Brasília (DF).


Abaixo da Assembleia Geral da entidade, conforme prevê o artigo 31 de seu estatuto, o Conselho Permanente é o órgão de orientação e acompanhamento da atuação da CNBB e dos organismos a ela vinculados, bem como órgão diretivo, eletivo e deliberativo.


Fotos: Caio Lima/CNBB

42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page