• Secom

Bispos do Maranhão já estão a caminho de Aparecida (SP) para a 59ª Assembleia Geral


Após chegar em Guarulhos (SP), os bispos e secretários executivos seguem para Aparecida (SP).

A segunda etapa da 59ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil inicia neste domingo (28) no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP). A missa de abertura acontece às 18h, presidida pelo arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo.


Desta vez, além do aprofundamento do Tema Central “Igreja Sinodal – Comunhão, Participação e Missão”, propostas e indicações para a elaboração das próximas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) serão feitas rumo à consolidação na 60ª Assembleia Geral da CNBB, em 2023.


Com a característica de ser deliberativa, nesta segunda fase, os temas que serão votados pelo episcopado são as atualizações no Estatuto da CNBB, a tradução do Missal Romano, o texto do Ministério do Catequista e o Estudo nº 114 da CNBB cujo título é: “E a Palavra habitou entre nós” (Jo 1,14) – Animação Bíblica da Pastoral a partir das comunidades eclesiais missionárias”.


Além disso, outros 14 temas diversos vão ser objeto de reflexão e discussão dos cardeais, arcebispos, bispos diocesanos e auxiliares e coadjutores que participarão da 59ªAssembleia Geral como exemplo o 18º Congresso Eucarístico Nacional; a Celebração dos 70 anos da CNBB; a Jornada Mundial da Juventude 2023; o Sínodo dos Bispos 2023, entre outros.


Participam do evento cardeais, arcebispos, bispos diocesanos e auxiliares, coadjutores, além dos bispos eméritos e representantes de organismos e pastorais da Igreja que são convidados. Mas apenas os bispos na ativa têm poder de voto. Atualmente, segundo dados da Secretaria Técnica da CNBB, a Igreja Católica no Brasil possui 278 circunscrições eclesiásticas, com um total de 478 bispos, dos quais 321 na ativa e mais 157 bispos eméritos.


As principais informações sobre a 59ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil você acompanha por aqui, canal oficial do Regional Nordeste 5 (CNBB-MA), a Igreja no Maranhão, ou pelo site oficial da CNBB Nacional.



Com informações da CNBB Nacional.

462 visualizações0 comentário