top of page
  • Secom

As belezas e os desafios da Vida Consagrada no Maranhão. Uma trajetória de evangelização e oblação em missão

Atualizado: 3 de fev.

Um olhar para a atuação da Conferência dos Religiosos do Brasil no incentivo à vocação e cuidado com a Vida Consagrada da Igreja no Maranhão



 

No dia em que a Igreja celebra a Apresentação do Senhor (02/02), celebra também o dia da Vida Consagrada, desde o ano de 1997, portanto este é 28º Dia Mundial da Vida Consagrada.

 

Na mensagem do Papa São João Paulo II, por ocasião do primeiro dia, o pontífice à época, recorda a estreita ligação entre a Festa da Apresentação do Senhor e a vocação específica dos consagrados e consagradas:

 

“O Dia da Vida consagrada será celebrado na festa em que se faz memória da apresentação que Maria e José fizeram de Jesus no Templo ‘para o apresentarem ao Senhor’ (Lc 2,22). Nesta cena evangélica, revela-se o mistério de Jesus, o consagrado do Pai, que veio ao mundo para cumprir fielmente a sua vontade (cf. Hb 10,5-7). Simeão o aponta como ‘Luz para iluminar as nações’ (Lc 2,32) e preanuncia, com palavra profética, a oferta suprema de Jesus ao Pai e a sua vitória final (cf. Lc 2,32-35). Assim, a Apresentação de Jesus no Templo constitui um eloquente ícone da total doação da própria vida, para todos os que foram chamados a reproduzir na Igreja e no mundo, mediante os conselhos evangélicos, ‘os traços característicos de Jesus virgem, pobre e obediente’ (Vita Consecrata, 1)”.

 Religiosos no Regional

Irmã Nazaré Freire, da congregação da Caridade de Montreal e presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil – CRB, Regional Maranhão.

A vida religiosa no Maranhão é uma grande referência para a Igreja no Brasil, como afirma Irmã Nazaré Freire, da congregação da Caridade de Montreal e presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil – CRB, Regional Maranhão. E, citando Papa Francisco ela reforça: “Onde tem presença de uma religiosa(o) tem alegria, tem compromisso, tem profetismo porque nós estamos inseridos onde a vida clama, onde a vida está ameaçada, e nós nos consagramos para isso, no seguimento de Jesus Cristo, no seguimento dos carismas de nossas congregações. Quando nossos fundadores e fundadoras fundaram nossas congregações foi em vista da defesa da vida, onde está ameaçada.”


 Onde tem presença de uma religiosa(o) tem alegria, tem compromisso, tem profetismo

Irmã Nazaré Freire, é a atual presidente da Conferência dos Religiosos do Brasil – CRB, Regional Maranhão. Por sua vez, a CRB é uma organização religiosa nacional de pleno direito canônico, tendo seu estatuto aprovado pela Sagrada Congregação dos Religiosos, através do Decreto nº 01561/55. Fundada no dia 11 de fevereiro de 1954, no Rio de Janeiro/RJ, durante o Congresso Nacional dos Religiosos.


A CRB no Maranhão


"Onde tem uma religiosa(o), a CRB está presente”, Irmã Nazaré.

No Maranhão, a CRB está presente desde 2 de junho de 1972, possui estatuto próprio, coordenação e sede própria, localizada há 14 anos na rua de Santa Rita, no Centro de São Luís – MA. É mantida pela colaboração de todas as congregações associadas à conferência. Conta com sete religiosos em sua coordenação regional e um setor de comunicação. Está presente em todas as dioceses e na arquidiocese, e conta com dom João Kot, bispo da diocese de Zé Doca, como referencial.


Resultados em números e testemunhos 

Em uma estimativa, pode-se apontar que são mais de 500 religiosos e religiosas, inseridas em mais de 80 comunidades religiosas, nas mais de 30 congregações à serviço da Igreja Católica do Maranhão.



 

As religiosas e os religiosos no Maranhão atuam em parceria com diversas pastorais, como Pastoral da Aids, Carcerária, Criança, Pessoa Idosa, Vocacional; atuam também junto ao COMIRE, COMIDIs e COMIPAS; e com a Rede Um Grito pela Vida.

 

“A gente sempre garante a presença de uma religiosa em alguma instância. E esta faz a ponte conosco. Assim, a CRB está presente. Onde tem uma religiosa(o), a CRB está presente”, afirma Irmã Nazaré.

 

Oração, fraternidade e missão

De acordo com Irmã Nazaré, é neste dia, dia da Apresentação do Senhor, que a maioria dos religiosos fazem seus votos, e reforça que a vida consagrada se fundamenta em um tripé: vida de oração, vida fraterna e missão.

 

Irmã Nazaré ainda aponta um dos principais desafios da vida consagrada no Maranhão. “O nosso maior desafio da vida consagrada hoje é o envelhecimento da vida religiosa consagrada. Temos muitas irmãs idosas que já não estão mais tão ativas quanto antes. Estamos passando também por uma crise de vocação para a vida religiosa, são poucas entradas. No meu tempo nós éramos 15 formandas. Agora são 2 ou 3, às vezes continuam ou às vezes não. Além das saídas, há desistências até mesmo de votos perpétuos. Tudo tem seus momentos de altos e baixos, e nós, como vida religiosa, estamos vivendo uma crise. Inclusive aqui no Maranhão, muitas congregações já fecharam comunidades”, alertou Irmã Nazaré. 


O envelhecimento da vida religiosa consagrada é uma das preocupações da CRB Regional Maranhão.

Desafios da vida religiosa

Irmã Nazaré afirma que, preocupada com esta situação, a CRB Maranhão está criando medidas para despertar nos jovens o interesse para a vida religiosa.  “Penso que o caminho é dar mais visibilidade, mais testemunhos com ações concretas da vida religiosa consagrada. E nós não termos vergonha, nem receio, nem medo de falar para o povo, para a juventude: ‘eu sou religiosa e eu sou feliz’. Quando a gente entra pra vida religiosa consagrada a gente entra pra sermos felizes. Eu, Irmã Nazaré, eu sou feliz na minha vida religiosa consagrada. Então, a juventude deve perceber que a vida religiosa traz felicidade pra quem faz essa opção de vida no seguimento de Jesus Cristo, no seguimento do fundador ou da sua fundadora, e diante de tantos contravalores que existem, nós somos homens e mulheres de fé, de esperança, e de compromisso com a Igreja”, defendeu.

 

“Que possamos fazer um trabalho de conjunto em nossas dioceses. Somos todos iguais em uma Igreja em saída, e o Senhor vai acendendo luzes quando vamos precisando delas”, incentivou Irmã Nazaré. 


"Quando a gente entra pra vida religiosa consagrada a gente entra pra ser feliz", Irmã Nazaré.

Jubileu 70 anos

A Conferência dos Religiosos do Brasil foi fundada no dia 11 de fevereiro de 1954, no Rio de Janeiro/RJ, durante o Congresso Nacional dos Religiosos. Portanto, este ano completa 70 anos de fundação.

 

O Ano Jubilar da CRB tem como tema: “CRB 70 Anos – Memória, Mística, Profecia e Esperança”, e lema “Permaneci no meu Amor” (Jo 15,9). O ponto alto deste jubileu será realizado em Fortaleza - CE, de 30/05 a 02/06 de 2024, e visa ser um momento de reflexão, celebração e projeção para o futuro.

 

Com preparação para o jubileu, a CRB do Maranhão realizou, entre os dias 24 e 26 de novembro, o Pré-Congresso da Vida Consagrada em São Luís - MA, na casa das Irmãs de São José de São Jacinto. O encontro reuniu cerca de 40 religiosas em um ambiente de partilha, escuta e convivência, propiciando uma troca de ideias e a construção conjunta de um “tapete” simbólico que representará a vida do Regional no Congresso celebrativo dos 70 anos da CRB Nacional, em Fortaleza.



Comemoração no Maranhão

Para reforçar o dia da vida consagrada no Regional Nordeste 5, os religiosos e religiosas se reúnem neste domingo, dia 04, no Seminário dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus - Padre Júlio Chevalier.


Por Ariana Frós - Assessoria de Comunicação do Regional Nordeste 5 da CNBB. Fotos: Ariana Frós e arquivo da CRB Regional Maranhão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

27 visualizações0 comentário
bottom of page