• Secom

Arquidiocese de São Luís se prepara para sua 32ª Assembleia de Pastoral


De 18 a 20 de novembro, a Arquidiocese de São Luís do Maranhão realiza a 32ª edição da Assembleia Arquidiocesana de Pastoral (AAP), com o tema “Comunidades Eclesiais Missionárias”. O momento acontecerá na Casa de Retiro Oásis, Anil, e deve reunir, entre participantes e equipe de trabalho que auxiliará a AAP, cerca de 240 líderes, das 57 paróquias da Arquidiocese. A missa de encerramento da 32ª AAP, marcará o encerramento do Ano litúrgico, o encerramento do encontro e o início do Ano Vocacional 2023.


Esta será a primeira AAP conduzida por dom Gilberto Pastana desde que tomou posse como arcebispo de São Luís do Maranhão, em julho de 2021. Na carta convite aos padres da Arquidiocese, dom Gilberto recordava a importância da Assembleia aos presbíteros:


“A Igreja Particular de São Luís do Maranhão tem clareza e consciência de que a missão deve ser seu eixo articulador, para fortalecer o sentido de pertença à comunidade eclesial missionária e ir ao encontro daqueles que ainda não participam da vida eclesial. Iluminados pela experiência do Processo Sinodal, vivenciado em nossa Arquidiocese, estaremos todos juntos em um processo de escuta uns dos outros e todos à escuta do Espírito Santo de Deus”.

Está à frente como organizador da AAP padre Jadson Borba, coordenador arquidiocesano da Ação Evangelizadora Missionária (AEM), e atual pároco da Paróquia Nossa Senhora da Penha, Anjo da Guarda. Para o presbítero, “a Assembleia é um importante mecanismo sinodal de corresponsabilidade entre as forças vivas da Igreja”.


Equipe geral de organização da 32ª Assembleia. Foto: Arquidiocese de São Luís

O que é a Assembleia Arquidiocesana de Pastoral (AAP)?

A AAP é um encontro anual, que acontece na Igreja em todo o Brasil, geralmente entre os meses de novembro e dezembro, onde as circunscrições eclesiásticas (dioceses e arquidioceses) podem planejar suas atividades e avaliar as suas ações à luz das reflexões atuais vividas pela Igreja. Trata-se do encontro mais importante para a Igreja em nível (arqui)diocesano, onde acontece o planejamento das ações para o ano de 2023, e atualização do contexto da Igreja no mundo, em nível de Brasil e regional (Igreja do Maranhão).


Da Assembleia, nasce o Plano Pastoral (PP), instrumento que dará as diretrizes para a missão da Igreja na Arquidiocese e deve ser executado por todos os católicos. Em 2022, 32ª edição da AAP, a Assembleia retoma suas atividades após dois anos de restrições pela pandemia da COVID-19 (em 2020 não houve AAP, e em 2021, o número foi restrito, devido as medidas sanitárias protetivas).


Um marco importante dessa edição é o momento final do Sínodo 2021-2023, e a atualização na elaboração das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) da Igreja no Brasil, decididas na última Assembleia Geral dos Bispos do Brasil (setembro de 2022). Após a AAP, deve acontecer ainda os encaminhamentos sobre as Campanhas, eventos e ações que devem acontecer envolvendo toda a Arquidiocese, com destaque para a Solenidade de Corpus Christi 2023, que acontece no dia 08 de junho de 2023.


Para permitir que todos os católicos acompanhem o encontro e possam, depois, tornarem-se partícipes das ações com mais pertença e propriedade, haverá transmissão dos momentos centrais da Assembleia. No final, além do Plano Pastoral 2023, será apresentada uma Carta ao Povo de Deus, similar ao que acontece nas Assembleias Gerais da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB), com uma síntese dos encaminhamentos propostos pela Assembleia e mensagem de incentivo para que os fieis se comprometam com o novo caminho de trabalho proposto para o ano de 2023.


Quem participa da Assembleia Arquidiocesana de Pastoral?

Para formar esse corpo de líderes reunidos, a Assembleia conta com a figura de delegados, que serão: o arcebispo, dom Gilberto Pastana, todos os padres da Arquidiocese, um membro do conselho paroquial de cada uma das 57 paróquias existentes, dez representantes de religiosos, que serão escolhidos pela Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) - Maranhão, dez representantes dos diáconos permanentes, seminaristas que cursam a partir do 4º ano de Teologia e um representante de cada expressão eclesial (pastorais, movimentos eclesiais, novas comunidades, instituições, organismos), representando a sua respectiva coordenação arquidiocesana.


Programação

A programação da 32ª edição da Assembleia Arquidiocesana de Pastoral (AAP), contará com missa de abertura na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, do Anil, na sexta (18). Confira a lista completa das atividades a seguir:


  • Sexta-feira, 18 de novembro

15h – Credenciamento e acolhida

18h – Missa de abertura da Assembleia, Igreja Nossa Senhora da Conceição Anil

20h – Caminhada Luminosa (saída da Igreja do Anil até o Oásis)

20h30 – Jantar

21h – Metodologia da Assembleia


  • Sábado, 19 de novembro:

6h30 – Despertar

7h – Missa

8h – Café da manhã

8h30 – Assessoria | Dom Gilberto Pastana

10h30 – Lanche

11h – Trabalho em grupo por Forania

12h – Almoço

14h – Oração

14h30 – Plenária dos trabalhos em grupo

15h30 – Assessoria

16h30 – Lanche

17h – Trabalho em grupo

18h – Plenária dos grupos

19h – Oração

19h30 – Noite cultural


  • Domingo, 20 de novembro:

6h30 – Despertar

7h – Oração

7h30 – Café

8h – Assessoria

9h – Trabalho em grupo

10h – Lanche

10h30 - Encaminhamentos pastorais

11h – Santa Missa de encerramento

12h – Almoço


*Com informações da Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de São Luís do Maranhão.

13 visualizações0 comentário