top of page
  • Secom

A humanidade do sacerdote é refletida durante encontro dos padres novos do Regional Nordeste 5


Em plenária, eles debatem a humanidade do sacerdote com o auxílio de dom Valentim e dom Sebastião.

Da Redação


De 21 a 24 aconteceu o Encontro dos Padres Novos do Regional Nordeste 5 da CNBB. No total, 35 padres, entre 0 a 10 anos de ordenados, participaram do encontro que contou com assessoria de dom Valentim Meneses, bispo de Balsas, e a presença de dom Sebastião Bandeira, bispo referencial para os ministros ordenados e presidente do Regional Nordeste 5.


“É uma riqueza encontrar com esse presbitério jovem que traz também a sua energia, a sua força, seus sonhos. A juventude é um tempo das utopias e o Reino, ele sempre precisa estar alimentando a utopia. A utopia é algo que é dinâmico porque é como esperançar”, disse dom Valentim.


É uma riqueza encontrar com esse presbitério jovem que traz também a sua energia, a sua força, seus sonhos.

O encontro foi intercalado por momentos de formação, espiritualidade e reflexão ao partilharem sobre a vida e missão do presbítero. Cada diocese enviou um ou dois representantes para participar deste momento.


“Nesse tempo de pandemia, é a primeira vez que conseguimos reunir e o tema tem sido muito oportuno ‘como pensar a saúde integral dos padres’. Este encontro está sendo uma grande oportunidade para animar os nossos presbíteros a realizarem a sua missão principalmente neste tempo que devemos estar em sintonia com os apelos do papa de escutar as pessoas nesse projeto sinodal onde a participação de todos é muito importante”, relatou dom Sebastião Bandeira.

Os novos padres celebraram junto com os fiéis da Paróquia de Sant'Ana, no Angelim.

O encontro aconteceu na Casa de Retiro das Irmãs Capuchinhas, no bairro do Olho d’Água, em São Luís. Na ocasião, os padres participaram de uma celebração na Paróquia de Sant’Ana, no bairro do Angelim, pois a dinâmica do encontro permite que eles tirem um dia para celebrar junto com o povo.


“O ambiente é favorável para a oração, reflexão e partilha para que os padres novos diante das tribulações, dos desafios que o mundo apresenta, saibam lidar com as questões e ter em quem se apoiar, se apoiar em Cristo, e também essa força e partilha com os irmãos presbíteros”, considerou padre Eduardo Cardin, da diocese de Imperatriz e presidente da comissão regional dos presbíteros.


Participante pela primeira vez no encontro, padre Francinaldo Santos, da diocese de Viana, tem 1 ano e 4 meses de ordenado, e aprovou a nova experiência. "Este é o meu primeiro encontro, minha primeira participação, minha primeira experiência, é um momento formativo muito bom, de fato ajuda na nossa caminhada como presbítero, como padre novo. E viver esse momento abre um leque de oportunidades de poder pensar, de viver bem o ministério", disse.

Em tempos difíceis para a humanidade, pensar no ser humano, na humanidade do sacerdote, é pensar na melhor forma de dar seguimento à missão de Jesus Cristo. O encontro proporcionou aos sacerdotes um encontro com Cristo, com intimidade, conversão e missão.


Fotos: Padre Eduardo Cardin

92 visualizações0 comentário
bottom of page