top of page
  • Secom

“É por causa de Jesus e de seu Evangelho, que todos nós estamos aqui reunidos”, padre Joel



Neste final de semana, de 1º a 03 de dezembro, acontece a Assembleia Regional do Conselho Missionário Regional – COMIRE, na Paróquia Cristo Rei, Diocese de Brejo. A Assembleia tem como tema “Ide! Da Igreja local aos confins do mundo” e lema “Corações ardentes, pés a caminho” (cf. Lc 24, 32-33), em consonância com o texto bíblico dos discípulos de Emaús, que sentiram o coração arder e se colocaram a caminho.

Maria Pereira, coordenadora do COMIRE.
“A assembleia tem cunho formativo e eletivo e conta com a assessoria do Pe. Tiago Ávila - diretor do Centro Cultural Missionário CCM e membro do COMINA, nos ajudará como igreja regional a darmos passos “como enviados (as) pelo Espírito Santo para articular universalmente os povos e culturas em uma grande “rede” de solidariedade, diversa e una ao mesmo tempo (cf. Jo 21, 11)”, relatou Maria Pereira, coordenadora do COMIRE.

Em consonância com o Ano Vocacional da Igreja do Brasil, o mês missionário de 2023, o 5º Congresso Missionário Nacional, o Programa Missionário Nacional e a exortação apostólica do Santo Padre, LAUDATE DEUM, deu-se início a Assembleia Regional do COMIRE que recorda o chamado a ser uma Igreja em saída, missionária para além fronteiras.


“Dando continuidade à tarefa de acompanhar a animação e cooperação missionária na Igreja do Brasil, o Conselho Missionário Regional Nordeste 5 - COMIRE, convocou todos os seus membros para juntos refletir sobre o tema da missio ad gentes, a partir de nossas realidades pessoais, comunitárias, pastorais e principalmente a partir da Igreja local”, afirmou Maria Pereira.



O padre Joel, pároco da paróquia Cristo Rei, deu boas vindas a todos os participantes das diversas dioceses do regional com uma linda mensagem “é por causa de Jesus e de seu Evangelho, que todos nós estamos aqui reunidos”.


Dom Valentim Meneses, bispo referencial para ação missionária no regional, em sua primeira fala, alertou que a missão se recria com a solidariedade, a partilha e a gratuidade. “Jesus diz-nos com sua prática que os expropriados e excluídos são também gestores da Missão da Igreja, partícipes do projeto de Deus; com eles se abrem amplos espaços, sinais de justiça e razões de esperança”, explicou dom Valentim.

Missionários e missionnárias seguem reunidos até o domingo, 03 de dezembro.

Com informações e fotos de COMIRE Regional NE5.

32 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page